Atrações em Praga

Entrada prioritária
Entrega instantânea
Entrada mais inteligente

Atividades populares em Praga

Cidades populares em República Checa

Explore todos os destinos

Programe sua visita a Praga

Língua

Checo

Moeda

Coroa checa (Kč)

Código de discagem

+420

Fuso horário

Hora Central Europeia (CET)

Decifrar a cidade

As ruelas e os pátios de Praga são apropriadamente "kafkaescos". Na verdade, a cidade tem uma relação tão forte com a desorientação que um método de resistência à ocupação estrangeira foi derrubar as placas de rua para abrandar e confundir os invasores hostis. A maneira mais fácil de descobrir Praga é deitar fora o seu mapa e apenas mergulhar ainda mais na confusão. É o que Kafka teria desejado.

Inícios grandiosos

Diz a lenda que duquesa checa Libuše e o seu marido Přemysl fundaram Praga no século VIII. Este foi o início da dinastia Přemyslid. De acordo com a história, Libuše (que podia ver o futuro) olhou para o Vltava a partir de um penhasco rochoso e profetizou: "Eu vejo uma grande cidade cuja glória vai tocar as estrelas." Foi uma tarefa bem difícil, mas a história tem mostrado que sua previsão foi certeira.

O paraíso da arquitetura

A Cidade das Cem Torres está entre os destinos turísticos mais populares do mundo. Existem muitos motivos, e um deles é o facto de tantos diferentes estilos de arquitetura coexistirem aqui. Caso aprecie o estilo Românico, Gótico, Renascentista, Barroco, Rococó, Neo-Renascentista, Neo-Gótico, Art Nouveau, Cubista, Neo-Clássico ou ultramoderno, vai encontrar todos aqui.

O que fazer durante 3 dias em Praga

A história da cerveja

Os amantes de cerveja encontrarão muita coisa sobre Praga que vai deixá-los felizes. Certamente vão encontrar muitas pessoas que pensam da mesma forma: os residentes da República Checa são os que bebem mais cerveja (cerca de 143 litros por ano por pessoa). E quando a cerveja é boa e a tradição de fabrico é longa, quem pode culpá-los? A República Checa é o local de nascimento da Pilsner (o nome provém da cidade de Pilsen), o estilo de cerveja mais popular. Porém, recentemente expandiu o seu paladar para incorporar uma variedade de estilos de produção- porters maltadas, IPAs lopuladas e muito mais.

Centro Histórico

O Centro Histórico da cidade é um cartão postal de quase todos os ângulos. Num dia de outono, os amarelos e vermelhos vivos das árvores de outono na margem menor do Vltava embelezam a já maravilhosa linha do horizonte da cidade. A Ponte Charles é palco de um engarrafamento de turistas permanente durante quase todo o ano. A sua construção foi ordenada pelo Rei Carlos IV em 1357, a ponte mais impressionante de Praga estende-se ao longo de 16 arcos e está ladeada com 30 estátuas barrocas de figuras religiosas. Se a visitar ao nascer do sol, não vai apenas evitar as multidões - vai conseguir tirar fotografias fabulosas.

Bohemian Rhapsody

Tal como dunas numa praia ventosa, as fortunas de Praga moveram-se e mudaram ao longo da sua história. Ela foi a sede de dois Imperadores Romanos e a capital da Boémia. Também sofreu um cerco de um mês no século XVIII, duas defenestrações históricas significativas e quatro décadas de ditadura comunista. Além disso, foi ocupada pelas tropas de Hitler em 1939 até à Revolta de Praga em 1945. Praga era a capital da Checoslováquia e, quando a República Checa e a Eslováquia dissolveram sua união em 1993, tornou-se capital da República Checa.

Bairro judeu

Outrora o maior gueto judeu da Europa, Josefov é parte integrante da história fascinante da cidade. Nenhuma outra cidade europeia tem um bairro judeu tão bem preservado. Ironicamente, isso deve-se em grande parte a Adolf Hitler, que apoiou a preservação desta área como um "museu de uma raça extinta". A excursão a pé é uma forma comovente e informativa para ver a área - e inclui entrada para todos os monumentos e atrações mais importantes. Com seis sinagogas, uma câmara municipal e um cemitério, todo este extraordinário bairro parece um museu vivo.