PT
USD
Ajuda
Fazer login

Paris

Entrada prioritária
Entrega instantânea
Entrada mais inteligente

O melhor de Paris

Estes são definitivamente os pontos obrigatórios da capital francesa

Faça um passeio parisiense

Conheça de tudo um pouco. De passeios de barco e autocarro (ônibus) pela cidade ou excursões a castelos e parques temáticos

Passeando em Paris

Língua

Francês

Moeda

Euro (€)

Código de discagem

+33

Fuso horário

Horário da Europa Central (CET)

Transporte público

Seja o metro, o autocarro (ônibus) ou os comboios suburbanos RER, a cidade inteira está bem coberta. O metro é provavelmente a melhor forma de ir de A a B, no entanto, você descobrirá mais da cidade se viajar de autocarro. Existem várias opções de bilhete. Os melhores lugares para comprá-los são as estações de metro ou RER. Como alternativa, alugue uma bicicleta e explore a Cidade das Luzes sobre duas rodas.

Parques e Jardins

Com mais de 400 parques e jardins, e 250000 árvores, Paris tem a honra de ser a capital mais arborizada da Europa. Prepare um piquenique de Cabernet Sauvignon e Camembert e dirija-se para as Tulherias ou para os Jardins de Luxemburgo. Ou, talvez, faça como um filósofo e reflita sobre o mundo no Buttes Chaumont, no Bosque de Vincennes ou no Bosque de Boulogne. Todos são acessíveis por metro ou autocarro (ônibus) e a entrada é gratuita.

Cozinha Francesa

Num país sinônimo de grande cozinha, Paris pode bem ser a capital gastronômica do mundo. Você terá certamente uma grande variedade de restaurantes em qualquer momento do dia. A tradicional brasserie parisiense é obrigatória, embora haja uma infinidade de bons restaurantes. Você irá encontrar ótimos cafés e bares espalhados por toda a cidade, a servir o melhor da cozinha francesa e das especialidades internacionais.

Tiqets recomenda

A Torre Eiffel

Com exceção de Roma e do Coliseu, nenhum edifício está tão bem interligado à ideia de uma cidade como Paris e a Torre Eiffel. Mas nem sempre foi assim: o projeto da torre de Gustave Eiffel foi amplamente desprezado antes, durante e após sua construção. De fato, centenas de artistas e intelectuais parisienses assinaram uma carta de protesto mobilizando-se "contra a construção, bem no coração da nossa capital, da inútil e monstruosa Torre Eiffel". Porém, até então, Paris já tinha decidido que a torre serviria como um arco monumental durante a Exposição Universal de 1889. E, no dia 15 de março de 1889, terminou de ser construída. Com 18 mil partes metálicas e 2,5 milhões de rebites, foi um verdadeiro feito da engenharia - a peça central perfeita. Planejaram derrubá-la dentro de 20 anos, mas em parte por conta do seu uso como transmissor de rádio, permaneceu em pé. E, agora, é sinônimo da própria cidade - e uma atração imperdível de Paris.

Museus Renomados

Paris é abençoada com alguns museus verdadeiramente notáveis. A estrela é naturalmente o Louvre, que abriga a mais famosa pintura da história (não temos mesmo que dizer o seu nome, pois não?). O que você pode não saber é que o edifício e a coleção eram originalmente propriedade dos reis e só foram abertos ao público durante a Revolução Francesa. Hoje, o museu possui mais de 65000 objetos que datam desde a pré-história até o século XX. Há também o Museu de Orsay. Situado num edifício de belas artes na margem esquerda do Sena, é conhecido principalmente pela sua coleção de arte francesa (incluindo escultura, fotos e mobiliário) de 1848 – 1915. O Museu de Orsay ostenta a maior coleção do mundo de obras-primas impressionistas e pós-impressionistas. E para a arte contemporânea, há o Centro Pompidou, que criou uma tempestade quando foi construído na década de 1970 devido à sua arquitetura extremamente não-convencional.

Moda e Compras

Coco Chanel, Yves Saint Laurent, Givenchy, Dior... Os nomes de estilistas parisienses mundialmente famosos estão na ponta da língua e a cidade tem sido uma meca para os fashionistas por muito tempo. Quer você deseje alta-costura ou prêt-á-porter, opções não faltam em Paris. Para limitar a seleção, considere ir imediatamente para as Galerias Lafayette ou Le Printemps no distrito Hausmann-Opera. Estes são antigos e elegantes magazines na tradição Bloomingdale. Alternativamente, a sua primeira peregrinação pode ser ao Triângulo de Ouro – a área entre a Avenue Marceau, os Champs Elysées e a Avenue Montaigne que é a casa de nomes como Louis Vuitton, Givenchy, Hermès, Celine e Chanel.

O Rio Sena

Em seu testamento, Napoleão Bonaparte pediu para ser enterrado às margens do Sena. Seu pedido não foi honrado, mas é fácil entender o motivo de sua paixão por esse rio; há um prazer especial em fazer um cruzeiro relaxante no Sena. A maioria dos tours de uma hora são comentados em várias línguas e constituem uma maneira excelente de conhecer a história de Paris, enquanto se admira, de uma perspectiva diferente, os locais mais emblemáticos, tais como a Catedral de Notre Dame, o Museu de Orsay, a Torre Eiffel e outros locais classificados pela UNESCO como Patrimônio Histórico.

São oferecidas várias opções de cruzeiros: deixe-se levar ao sabor da corrente num dos famosos Bateaux Parisiens, ou entregue-se ao prazer de uma taça de Champanhe, nas Vedettes de Paris.