Atrações em Reiquiavique

Entrada prioritária
Entrega instantânea
Entrada mais inteligente

Atividades populares em Reiquiavique

Cidades populares em Islândia

Explore todos os destinos

Programe sua visita a Reiquiavique

Língua

Islandês

Moeda

Coroa islandesa

Código de discagem

+354

Fuso horário

Greenwich Mean Time Zone (UTC)

Clima e quando ir

A Islândia é tão drástica no inverno quanto no verão, com tours a seus destaques saindo o ano inteiro. De qualquer forma, é melhor trazer quilos e mais quilos de agasalhos. Se estiver indo à Islândia para caminhar, julho e agosto são as melhores épocas para visitar, graças ao sol da meia-noite e um clima (levemente) mais quente. Se estiver em busca do belíssimo show de luzes celestiais da aurora boreal, visite em fevereiro, março, setembro e outubro.

Comendo e bebendo

A culinária islandesa pode não parecer muito tentadora para quem não está acostumado. De Hákarl (tubarão) a hrútspungar (testículos de carneiro azedo) e o fedido e borrachudo Harðfiskur (peixe seco), há várias iguarias locais para testar suas papilas gustativas. Felizmente, Reiquiavique tem também uma série de cozinhas mais familiares a oferecer. E não perca o salmão defumado daqui, ele é de outro mundo. Para economizar, compre no supermercados da rede Bónus e experimente os cachorros-quentes de primeira qualidade!

Saindo à noite

Para uma cidade tão pequena, Reiquiavique tem uma grande cena noturna concentrada principalmente em torno das ruas de compras Laugavegur, Hverfisgata e Austurstræti. E o melhor: raramente há um código de vestimenta e filas fora dos bares e casas noturnas! Todos sabem que sair na Islândia é caro, mas, para poupar alguma coroas, faça download do app Reykjavík Appy Hour, que vai lhe informar todas as ofertas de happy hour ao redor da capital islandesa.

O que fazer durante 3 dias em Reiquiavique

Tour pelas cascatas do sul da ilha e praia de areia preta

Fuja da civilização e explore o cenário épico da Sul da Islândia, incluindo a cascata Skógafoss, a vila de Vík, a praia Reynisfjara de areia preta e muito mais, tudo com um guia local. Você vai pegar um ônibus (autocarro) e viajar por paisagens lunares alucinantes que precisa ver para crer, além de ter vistas incríveis do famoso e impronunciável vulcão Eyjafjallajökull. Esta viagem inclui transporte de ida e volta saindo de Reiquiavique.

Observação de papagaios-do-mar

Os papagaios-do-mar nativos da Islândia estão aguardando para serem registrados pelo zoom da sua câmera neste tour guiado cheio de aventura à ilha Akurey ou à Lundey, dependendo da maré. Mantenha seus olhos abertos (e seus binóculos a postos) para ver estes papagaios e outras aves nativas como o êider-edredão e a andorinha do ártico. Pode ter certeza, nosso capitão é especialista em achar os cenários mais fotogênicos e navegar por estes litorais rochosos.

Reiquiavique antiga

Deambule pelas ruas de coloridas casas de madeira e de ferro ondulado e vá até à Praça Austurvöllur (localmente conhecida como "A Praça"). Uma zona verde pública desde 1930 com uma estátua de Jón Sigurðsson (1811-1879), um herói do movimento de independência da Islândia, que observa o burburinho dos bares e cafés em redor. Quando estiver farto de olhar para pessoas e de cervejas demasiado caras, faça um passeio até ao Lago Tjörnin, a apenas um quarteirão de distância.

Igreja de Hallgrímur

A Igreja de Hallgrímur é fácil de encontrar pois eleva-se sobre Reiquiavique e é visível de quase todos os ângulos da cidade. Este edifício expressionista de 74,5 metros é a maior igreja do país e tem um enorme orgão de 25 tons com mais de 5 mil tubos. O seu nome é o do poeta religioso e pastor Hallgrímur Pétursson,autor dos Passíusálmar (Os hinos da Paixão). Talvez nunca tenha ouvido falar disto, mas é bem famoso na Islândia!