Atrações em Nápoles

Entrada prioritária
Entrega instantânea
Entrada mais inteligente

Imperdíveis para as manhãs e tardes em Nápoles

Faça uma viagem memorável com estas atrações imperdíveis de Nápoles

Atividades populares em Nápoles

Cidades populares em Itália

Explore todos os destinos

Programe sua visita a Nápoles

Língua

Italiano

Moeda

Euro (€)

Código de discagem

+39

Fuso horário

Horário da Europa Central (CET)

Conhecendo

Por ser uma cidade medieval, ruas de pedras podem acabar com seus sapatos, então calce tênis resistentes e se prepare para andar. A maioria das atrações culturais e históricas obrigatórias de Nápoles, com exceção de Pompeia, Herculano e Vesúvio, estão em um raio de 3 km. Há também um ótimo sistema de transporte público, então é fácil pegar autocarro (ônibus), metro, funicular ou elétrico (tram). Um tour hop-on hop-off é uma ótima opção para salvar tempo e dinheiro, já que a maioria oferece três diferentes rotas pelo preço de uma.

Clima

A melhor época para visitar Nápoles é de abril a junho ou de setembro a outubro, quando as temperaturas não o fazem derreter mais rápido que um gelato. Até os italianos evitam ir em agosto. Véspera de Ano-Novo em Nápoles é famosa por ter a melhor queima de fogos da Itália, da qual a cidade se orgulha. Em novembro, os hotéis são mais baratos e as atrações mais vazias, mas leve agasalho e touca, já que as noites podem ser frias com ventos gelados.

Vesúvio

Não deveria ser um passatempo, mas estranhamente é. O vulcão mais famoso e temido do mundo pode ser acessado de Nápoles por meio de um trem antigo ou de um tour. O vulcão entrou em erupção em 79 d.C., soterrou Pompeia e Herculano com suas cinzas e matou de 10000 a 25000 pessoas, segundo estimativas. Enquanto o Vesúvio dorme, viajantes curiosos sobem até o pico por uma estrada rochosa e sinuosa. É um caminho íngreme e penoso, mas não se preocupe, várias pessoas lhe oferecerão bastões de caminhada.

O que fazer durante 3 dias em Nápoles

Empanturre-se de babà

Babà ou (babbà) faz parte da cultura napolitana tanto quanto sua famosa pizza e café. Trata-se de um doce em forma de cogumelo, regado a rum ou limoncello, que acabou penetrando a língua do cotidiano. Se você tem uma personalidade particularmente doce, os locais não hesitarão em dizer "si nu' babbà" (você é um babbà). Originário da Europa Central e desfrutado pela high society de Nápoles, este é um doce simples e cheio de sabor. Coma enquanto caminha pelas movimentadas ruas de Nápoles. Um artigo típico da Costa Amalfitana para desfrutar durante sua viagem.

Fuja da cidade

Em busca de algumas ondas? Capri, Sorrento e a Costa Amalfitana são fáceis de acessar de Nápoles. O ano todo, turistas lotam cafés, restaurantes e butiques com vista para o mar para gastar dinheiro e admirar pessoas ricas e famosas. Dos limoais e terraços cobertos por buganvílias de Capri às estradas costeiras sinuosas e falésias dramáticas de Almafi, todos os cantos são fotogênicos.

Um pouco de arqueologia

O Museu Arqueológico Nacional de Nápoles oferece aos fãs de História o que se pode chamar de melhor acervo de artefatos greco-romanos do mundo. Você encontrará tesouros de Pompeia e Herculano, esculturas de mármore, o famoso Toro Farnese (Touro de Farnésio) e mosaicos incríveis da Casa do Fauno de Pompeia. O acervo de Borgia de relíquias egípcias e epígrafes no porão é imperdível.

Veja como os reis viviam

O elegante Palácio Real de Capodimonte já foi um pavilhão de caça para o Rei Carlos III. Hoje ele abriga obras de artistas napolitanos dos séculos XVII e XVIII e a coleção da família Farnésio herdada pelo rei, que inclui retratos de membros de famílias reais feitos por Ticiano. Os apartamentos reais são muito bonitos. Pode esperar candelabros e móveis magníficos, tapetes primorosos e um aposento todo revestido de porcelana.