Atrações em Le Mont-Saint-Michel

Entrada prioritária
Entrega instantânea
Entrada mais inteligente

Cidades populares em França

Explore todos os destinos

Programe sua visita a Le Mont-Saint-Michel

Língua

Francês

Moeda

Euro (€)

Código de discagem

+33

Fuso horário

Horário da Europa Central (CET)

Marés do tempo

Com cerca de 60 edifícios protegidos, o Monte Saint-Michel e sua magnífica baía merecem um lugar de destaque na lista de Patrimônios Mundiais da UNESCO. Esta ilha majestosa fica a 600m da costa francesa. Peregrinos a caminho da abadia tinham acesso fácil quando a maré estava baixa. No entanto, com maré alta, a água gelada e as fortes ondas tornavam o acesso impossível. O monte permaneceu invicto durante a Guerra dos Cem Anos e, graças a seu isolamento, a abadia foi posteriormente usada como prisão.

Desafiando a gravidade

O mosteiro no topo desta ilha medieval é daqueles que imaginamos rodeado por dragões voando em meio a raios e trovões. Ele parece desafiar as leis da gravidade e, embora hoje atraia essencialmente turistas, já foi um dos maiores destinos europeus de peregrinação. Reinando sobre a baía entre a Bretanha e a Normandia, este lugar fantástico parece saído de um conto de fadas - daqueles em que o arcanjo Miguel ordena a construção de uma abadia em 708 a.C.

Mariscada nos céus

Não é apenas à abadia que você deve dedicar seu tempo durante a visita. As delícias culinárias do Monte Saint-Michel incluem algumas surpresas, tais como as omeletes aeradas que se tornaram especialidades da ilha. Os monges de então costumavam devorá-las para ganhar forças rapidamente antes da maré os aprisionar na ilha. O carneiro é também particularmente delicioso aqui, tendo pastado na grama salgada da ilha, enquanto os mexilhões e pratos de frutos do mar caem como uma luva.

O que fazer durante 3 dias em Le Mont-Saint-Michel

Abadia do Monte Saint-Michel

Este edifício de tirar o fôlego, classificado como Patrimônio Mundial da UNESCO, é a principal atração turística do Monte Saint-Michel. Com 20 salas para visitar, magníficos jardins e vista panorâmica do céu e do mar, esse é um majestoso testemunho da história francesa. Você poderá explorar a abadia por horas, sozinho ou com um áudio-guia gratuito. Já em 708 d.C. este era um lugar de peregrinação para monges, tendo esses começado a construção da abadia no século X. Convém chegar cedo, especialmente no verão.

O Claustro

A construção do claustro do Monte Saint-Michel começou em 1228, quando o arquiteto Thomas des Chambres se propôs a erguer um símbolo da perfeita vida monástica. Aqui é onde os monges meditavam; um espaço para introspecção com vista para o céu. Em 1878, as colunas de pedra calcária da Inglaterra foram removidas, abrindo o edifício para o mundo exterior. O olhar é agora atraído pela areia e pelo mar abaixo, não apenas pelo céu. Alguns dizem que as oportunidades para fotos são mais interessantes - mas essa certamente não era a proridade dos monges.

Terrasse de l'Ouest

Parte do tour pela abadia, mas digna de uma visita mais prolongada, a vista deste posto de observação lembra uma pintura impressionista. Suba ou desça sem pressa, saboreando plenamente a magia do panorama. Com sorte, você poderá admirar o reflexo do Monte Saint-Michel nas águas abaixo ou, com maré baixa, a paisagem lunar se revela e você terá a chance de ver algumas almas corajosas se aventurando pelas areias molhadas. De qualquer maneira, você terá excelentes oportunidades para fotos.

Parada em Rennes

Se parar em Rennes, antes ou depois de visitar o Monte Saint-Michel, você descobrirá um encantador labirinto de ruas, lojas, boutiques e cafés cheios de charme. O centro de turismo da capital bretã em si está situado em uma antiga capela, conhecida por sua exposição permanente sobre a interessante história da cidade. Vale a pena visitar. Explore o Parlamento da Bretanha e deixe-se deslumbrar pela arquitetura da Place de la Mairie, do Palais du Commerce e do Les Champs Libres - um centro cultural.