Ajuda

Bilhetes para Museu Albertina: e-ticket

Obras-primas de Monet, Klimt e Picasso

Bilhete flexível: é possível cancelar até 24h antes do dia da visita (se selecionado)
Entrega instantânea dos bilhetes
Acessível a cadeiras de rodas
Bilhetes digitais aceitos

Tudo em ordem!

Há medidas de saúde e segurança em vigor para que possa desfrutar da cultura com tranquilidade.

Visão geral

Destaques

  • Desfrute de uma das coleções de arte gráfica mais importantes do mundo num antigo e magnífico palácio dos Habsburgos
  • Veja obras famosas de artistas como Monet, Renoir, Chagall, Miro, Magritte, Munch, Picasso e muitos outros, no coração de Viena
  • Admire a exposição permanente, a coleção Batliner, considerada uma das coleções de arte moderna mais elogiadas da Europa

Exposições

O renascimento das gravuras. De Dürer a Bruegel
Em cartaz  - 1 de nov de 2020

A arte produzida em massa tem suas origens na gravura. Durante o final do século XV, o gravurista alemão Daniel Hopfer adotou as técnicas que estavam sendo usadas pelos decoradores de armadura em busca de uma maior disponibilidade das gravuras.

As placas de metal besuntadas em tinta e tratadas com ácido que eram capazes de reproduzir os esboços gravados em cima delas tornaram-se a mais recente técnica de experimentação, espalhando-se rapidamente durante o início do século XVI.

Nesta exposição encontrará 125 gravuras dos primeiros 70 anos deste meio artístico, com obras de artistas renascentistas como Albrecht Dürer, Parmigianino e Pieter Bruegel, o velho.

Van Gogh, Cézanne, Matisse. A Coleção Hahnloser
Em cartaz  - 15 de nov de 2020

Nesta primavera, o Museu Albertina recebe uma das coleções privadas de arte mais impressionantes da Europa. A Coleção Hahnloser foi compilada entre 1905 e 1936 por Arthur e Hedy Hahnloser-Bühler e seus amigos artistas, incluindo Ferdinand Hodler e Henri Matisse.

Os colecionadores também conseguiram adquirir obras de grandes mestres do século XIX: Cézanne, Renoir, Toulouse-Lautrec e Van Gogh. Com 120 obras expostas, várias trazidas da Suíça, a Coleção Hahnloser proporciona um gostinho da grandeza de Paris na Califórnia.

Modigliani – Picasso. Revolução do Primitivismo
Em cartaz  - 10 de jan de 2021

Em homenagem ao centenário da morte de Amedeo Modigliani, o Museu Albertina organizou uma exposição para celebrar a chamada "arte primitiva" que chamou a atenção dos modernistas.

Modigliani foi uma figura crucial de Paris na virada do século. Ele fez companhia para artistas como Picasso e Brâncuși e sua obra como pintor, desenhista técnico e escultor foi bastante influenciada pela estética não europeia dos seus colegas. Juntos, eles dedicaram-se ao primitivismo na arte, o que acabou abrindo caminho para o Cubismo divisor de águas de Picasso.

Modigliani – Picasso. Revolução do Primitivismo expõe o diálogo entre dois artistas pioneiros e a visão artística que compartilhavam.

Descrição

Situado no maior palácio residencial dos Habsburgos, o Albertina conta com a maior e mais valiosa coleção de arte gráfica do mundo. Veja a exposição permanente da Coleção Batliner, Monet a Picasso, 20 salões nobres elegantes e muito mais!

Tenha acesso rápido ao mundo das belas-artes e majestade imperial dos Habsburgos. O Albertina é um museu-experiência realmente suntuoso. Situado bem no coração do centro de Viena, o museu possui atualmente obras-primas de Da Vinci, Rafael, Michelangelo, Dürer e Rubens.

Mas o destaque é, sem dúvida, a Coleção Batliner, uma das compilações de arte modernista mais importantes da Europa. Esta mostra permanente conta com artistas do Impressionismo e do Pós-impressionismo como Monet, Degas, Cézanne, Toulouse-Lautrec e Gauguin, além das primeiras pinturas cubistas de Picasso, suas obras dos anos 1940, gravuras nunca antes expostas e pinturas experimentais.

Explore 20 salões nobres primorosos dos Habsburgos espalhados por dois andares do palácio. A decoração original de Luís XVI foi solicitada aos ateliês da Corte Real em Paris e Versalhes para o Duque Alberto – então já sabe que são extremamente requintados.

Não perca a peça central, o elegante Salão das Musas com lustres. Imagine as festas que devem ter sido dadas neste lugar enquanto anda pelo chão de parquet.

Com uma combinação inebriante de feitos artísticas e opulência majestosa, o Albertina é o palácio perfeito para ir e deixar-se levar pelo espírito do passado imperial de Viena.

Bilhete

O que está incluído

Acesso ao museu e aos salões nobres
Acesso ao acervo permanente e às exposições permanentes

O que não está incluído

Audioguia: disponível a €4, oferece informações e contexto acerca dos salões nobres dos Habsburgos e das várias obras-primas da coleção

Política de alteração

  • É possível fazer alterações a este bilhete

Local

Horário de funcionamento

Museu Albertina
Segunda 10:00 - 18:00
Terça 10:00 - 18:00
Quarta 10:00 - 18:00
Quinta 10:00 - 18:00
Sexta 10:00 - 18:00
Sábado 10:00 - 18:00
Domingo 10:00 - 18:00

Como chegar

Museu Albertina
Albertinaplatz 1, 1010, Viena
Abrir no Maps

Notas e avaliações

4.8
baseado em 1513 avaliações
5
4
3
2
1
1310
170
17
6
10
J
25 de out de 2018
Excelente
.
A
2 de jan de 2018
Excelente
Museu moderno e com ótimas mostras. No meu caso pude apreciar as oubras de Raffael, Monet, Picasso e outros impressionistas, e as fotos de Robert Frank.
M
16 de nov de 2017
Excelente
Interessante coleção de Rafael. A coleção permanente do museu vale a visita!

Perguntas frequentes